PEBA

Clube de Pesca Esportiva Babitonga

  • Fale conosco:

  • Já recebemos

    • 58.015 pescadores, desde 27/10/2009

Archive for 12 de abril de 2010

Ministério de Pesca e Aquicultura: avanço ou retrocesso?

Posted by Eloy em 12/04/2010

Durante vários anos o IBAMA realizou vários esforços na organização e regulamentação da pesca esportiva.

O Programa Nacional de Desenvolvimento da Pesca Amadora – PNDPA,  realizou diversas atividades de desenvolvimento da pesca enquanto atividade recreativa e desportiva, além de alcançar um enorme avanço na economia da pesca amadora no Brasil, mercado que movimenta milhões no mundo todo. Não me arrisco a citar todas as ações importantes deste programa, afinal, desde a sua criação em 1997,  foram muitas as realizações, mas vale destacar as ações de educação ambiental, as campanhas pelo estabelecimento de medidas mínimas de pescado, o incentivo à prática do pesque-e-solte, a capacitação de ribeirinhos para atuarem como guias de pesca, melhorando a qualidade de vida desta população e garantindo a sustentabilidade dos recursos pesqueiros, entre várias outras atividades.

A emisssão da Licença de Pesca Amadora era facilmente realizada pela internet. O cadastro de clubes, entidades e competições de pesca esportiva também era feito todo on-line.

Numa tentativa de segmentar e organizar ainda mais atividade pesqueira o governo federal cria o Ministério da Pesca e Aquicultura – MPA, esta medida seria mais um grande passo para o desenvolvimento da pesca esportiva não fosse um porém: não houve uma preparação para a transição da responsabilidade. No site do MPA sequer é mencionada a pesca amadora ou esportiva, não existem formulários on-line, várias páginas do site estão com links quebrados, os e-mails não são respondidos, conseguir falar com alguém via telefone é extremamente difícil e quando se consegue nunca é com a pessoa responsável.

O que era pra ser um avanço para a pesca amadora, foi um retrocesso. Pelo menos até o momento.

A nós do Clube de Pesca Esportiva Babitonga – PEBA, só resta esperar que este programa tão importante para o desenvolvimento da pesca esportiva não seja abandonado. Que os técnicos que dedicaram anos do seu trabalho em prol da pesca amadora sejam realocados para o MPA onde possam dar continuidade a este trabalho. E que pelo menos o site do PNDPA, que agrega diversas informações de interesse de todos os pescadores continue sendo mantido atualizado.

Posted in Sem categoria | 1 Comment »