PEBA

Clube de Pesca Esportiva Babitonga

  • Fale conosco:

  • Já recebemos

    • 51,041 pescadores, desde 27/10/2009

Paraná garante a reprodução do robalo

Posted by Eloy em 01/12/2009

Com a definição medidas mínimas e máximas, cotas reduzidas e proibição da pesca nos meses de reprodução do robalo, associados à uma intensa campanha de educação, parcerias com iate-clubes, marinas e clubes de pesca esportiva e fiscalização rigorosa o Estado do Paraná sai na frente na preservação do robalo.

A Liga Paranaense de Pesca Esportiva e Clubes filiados fizeram pressão para que o governo estabelecesse maior controle na pesca do robalo e foram atendidos.

Veja quais são as regras para a pesca do robalo no Paraná e na maioria do Brasil:

Paraná

Brasil

Medida mínima Robalo Peva 40 cm 30 cm

Robalo Flecha

60 cm

50 cm

Medida máxima Robalo Peva 50 cm Não há

Robalo Flecha

70 cm

Não há

Defeso

Peva e Flecha

Novembro e dezembro. Permitido apenas o pesque e solte.

Não há

Cota

Qualquer espécie

7 exemplares por pescador

15kg + 01 exemplar, para pesca em águas marinhas ou estuarinas

Exceção

1 exemplar acima da medida, considerado troféu.

O estabelecimento de medida máxima é algo inédito no Brasil e visa preservar as grandes matrizes.

Mas só a lei não basta. A Secretaria de Meio Ambiente daquele estado está realizando uma campanha de conscientização chamada: O robalo e seus amigos avisam: pesca irregular é a maior roubada. A campanha conta com a distribuição de panfletos informativos com informações da lei e das penalidades, além de informações sobre marés, luas, equipamentos, etc. Como se não bastasse, os pescadores também receberão uma régua adesiva para ser colada nos barcos para medir se o peixe está dentro do tamanho permitido.

Segundo informações de amigos que pescam por lá a Polícia Militar Ambiental está fazendo fiscalização intensa.

O Secretário Estadual de Meio Ambiente disse que esta “É uma resolução inédita e que tem o objetivo de garantir a conservação da fauna aquática, mantendo-a em equilíbrio e assegurando a abundância destas espécies na região litorânea. E, por conseqüência, a medida também colabora com o desenvolvimento do turismo de pesca esportiva sustentável”.

O PEBA parabeniza a Liga Paranaense de Pesca Esportiva por esta conquista e o Governo do Paraná por além de definir regras rígidas, estar realizando campanhas de conscientização e fiscalização.

Será que algum dia teremos alguma medida parecida aqui em Santa Catarina?

Enquanto não tem, todos devemos usar o bom senso e praticar o pesque e solte, independente das leis.

3 Respostas to “Paraná garante a reprodução do robalo”

  1. Sam Tani said

    Na minha opiniao.
    deve ser adotada a cota zero.
    Para todos as especies de robalos.
    Radical?
    Sim.
    Mas se nao tomoarmos providencias.
    Nao teremos mais robalos pra mostrar aos nossos netos no futuro.

  2. clemente said

    o que deveria acontecer realmente é para de “fingir” que se faz fiscalização.
    proibir definitivamente a pesca predatória nos locais de desova e boca de rios, com redes assassinas como as que se usam na restinga da marambaia e condominios que tem rios dando saida para o mar.
    parar com a demagogia que os caiçaras não depredam, deem uma chegadinha nesses locais e saberão o que realmente acontece por lá.
    um caniço com molinete e uma isca não extingue nada, já essas redes

    • Eloy said

      No litoral do Paraná a fiscalização tem ocorrido, tanto para os pescadores artesanais (caiçaras) e para os pescadores esportivos.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

 
%d blogueiros gostam disto: